Imóveis em São Paulo – Custos Caindo

Imóveis em São PauloSempre que alguém pensava em comprar uma casa ou um apartamento tinha logo a preocupação com todos os altos custos envolvidos nessa empreitada. Principalmente na cidade de São Paulo, os imóveis tinham um custo de compra elevado por causa de taxas e impostos que deviam ser pagos pelo comprador e muitas vezes, esses valores ainda significavam comprar imóveis com um alto custo de manutenção. Em muitos prédios da capital paulista, o condomínio pode girar por uma média de valores que chega a quase 600 reais. Seja qual for o lado que se olhe, se partirmos da premissa que ainda haverá um número imenso de contas a serem pagas pelo morador; esses valores iniciais assustam qualquer pessoa de bom senso.

Mas, recentemente, as autoridades paulistas entenderam que esses altos custos iniciais para a compra de imóveis em São Paulo apenas prejudica a arrecadação dos impostos e arrefece o mercado para as classes menos favorecidas e que possuem uma altíssima demanda reprimida por novos imóveis. Pensando assim, votaram e aprovaram medidas que diminuíram de forma significativa todos os custos e despesas queos cartórios paulistas cobravam para a regularização e para a transferência de imóveis em São Paulo.

Assim, milhares de pessoas têm um caminho aberto para a aquisição de seus primeiros imóveis em São Paulo muito mais facilitado e com maiores possibilidades de exercerem o direito a tão sonhada casa própria. Uma conquista que enternece o coração dos cidadãos de qualquer camada social; quanto mais das mais humildes.

Da mesma forma, diversas construtoras começaram a enxergar esse público como uma possível fonte de bons lucros e a desenvolver projetos de imóveis em São Paulo exclusivamente voltados a esse nicho de mercado. Assim, as taxas de condomínio para esses imóveis são bem menores e as contas normalmente pagas durante a ocupação podem ser reduzidas com a aplicação de projetos mais bem elaborados e que exploram o uso da luminosidade natural por mais tempo nas áreas comuns e nas unidades habitacionais; o que sem dúvida representará um menor valor nas contas das prestadoras desses serviços – aproximando-se de empreendimentos sustentáveis.

O surgimento da crise financeira mundial ainda teve um estranho efeito benéfico que foi a diminuição do ímpeto das pessoas em comprar esses imóveis (ou qualquer outra coisa). Essa desaceleração do consumo; provocou, por sua vez, uma necessidade de venda mais premente nas construtoras e incorporadoras; que viram na redução de preços o único meio de atrair mais clientes e conseguirem aumentar as vendas para recuperarem seus investimentos o mais rápido possível.

Com isso, um número cada vez maior de pessoas se anima e começa a procurar a realização de um antigo sonho que é a compra do seu primeiro imóvel. Com a redução de preços dos imóveis em São Paulo, este parece ser o momento exato para correr atrás e realizar os seus sonhos de ter um lugarzinho só seu para passar o resto de sua vida.

Aproveite o momento e seja feliz em sua nova casa e com um custo bem reduzido.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>