Consumo Consciente

Consumo Consiente

A cada dia o consumismo vem crescendo e, como consequência, aumentando a degradação gradual do meio ambiente. São inúmeros os impactos causados à natureza por novas tecnologias e produtos como roupas, calçados, eletrônicos, cosméticos e demais itens adquiridos de forma excessiva e desnecessária.

Para que essa situação seja revertida, ou ao menos estabilizada, são necessárias ações que visem a implantação de um desenvolvimento sustentável, partindo de hábitos de consumo mais conscientes. Com atitudes simples na hora da compra e da utilização de alguns produtos e recursos naturais, é possível trazer mais sustentabilidade para dentro da sua própria casa.

O consumo consciente não significa ter que se privar de uma vida mais confortável, mas reduzir, reciclar e reaproveitar tudo o que for possível a fim de contribuir para a preservação do meio ambiente e com o equilíbrio do planeta.

Todo tipo de consumo provoca impactos ambientais e sociais. Isso significa que, antes de qualquer compra, descarte de lixo e demais atividades relativas à utilização dos recursos naturais, o consumidor deve estar ciente de sua responsabilidade junto à natureza.

Poupar água, por exemplo, é um excelente exemplo de consumo consciente. Afinal, embora este líquido seja abundante na Terra, já existe uma carência de água potável no planeta, devido ao desperdício e utilização desmedida. Uma ótima forma de economizar água é fechar a torneira na hora de escovar os dentes. Afinal, apenas alguns minutos de escovação com a torneira aberta são suficientes para gastar aproximadamente 120 litros de água, quantia que permite suprir as necessidades diárias de uma criança.

Outra maneira de praticar o consumo consciente está ligada ao correto descarte de pilhas e baterias, pois são produtos altamente poluentes, que podem contaminar a água e o solo. Em todas as cidades do país há postos de coletas para esses materiais.

Consumo Consciente

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente