Qual a Lâmpada mais Econômica para Uso no Nosso Dia a Dia?

Lâmpada econômica.Desde a invenção do fogo até os dias atuais uma das maiores preocupações do homem foi encontrar alternativas de iluminar ambientes na ausência de luz natural. Com o tempo, o homem foi desenvolvendo artefatos de diversos materiais na produção de lâmpadas artesanais que necessitavam da queima de óleos e pavios para realizar o processo de combustão. Mais tarde o gás, que surgiu através da descoberta do petróleo, começou ser usado no processo obtenção de luz artificial.

As lâmpadas incandescentes elétricas aparecem ao final do século XIX, pelas mãos e mente de Thomas Alva Edison, uma pequena invenção que mudaria e traria luz de forma mais rápida e prática, porém nada barata ao mundo.

Produzida em larga escala no começo do século XX, a lâmpada incandescente era artigo de luxo naquela época, sendo restrita a algumas famílias mais abastadas e que, muitas vezes, só a possuíam em um cômodo na casa (preferencialmente era o banheiro).

O objeto se popularizou e hoje é item presente em praticamente todos os lares. Os problemas com o meio ambiente trouxe a preocupação com a economia de energia, levando à Sustentabilidade em casa – nosso mais novo desafio de cada dia.

Entre os casos mais comuns envolvendo a energia está o uso indevido e ultrapassado de lâmpadas incandescentes no lugar das fluorescentes, que são mais econômicas têm mais vida útil. As incandescentes já estão sendo proibidas de serem fabricadas em diversas partes do mundo por conta do desperdício de energia que trazem.

Escolha a fluorescente, pois, mesmo sendo um pouco mais cara, acaba compensando na conta de luz. Investir na melhoria da qualidade de vida em sua casa, automaticamente beneficia a todos.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

3 Comentários para “Qual a Lâmpada mais Econômica para Uso no Nosso Dia a Dia?”

  1. Roberto

    As lâmpadas fluorescentes duram em média 21 mil horas a menos que as de LED, além de emitirem radiação e enfraquecerem o brilho com o tempo de uso, além de gastarem 4 vezes mais que as de LED

    No meu apartamento tenho 17 lâmpadas de LED, sendo que todas acesas não gastam mais de 90 watts.

    Para o meio ambiente, a lâmpada de LED é muito melhor, pois gasta menos que a fluorescente, não perde brilho, dura 30 mil horas e não agride a natureza quando descartada.

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>