Meio Ambiente – Preservação Unida a Sustentabilidade

Meio Ambiente SustentávelO meio ambiente sofre com os atos da humanidade há muito tempo. Os recursos hídricos têm sido muito usados como área de despejo para os restos de nossas produções, como lixo e dejetos industriais. Além dos rios, lagos e outros recursos, o clima é outra vítima do descaso humano, devido à grande quantidade de gases poluentes lançados na atmosfera diariamente. Outro fator que prejudica muito a natureza é a devastação das florestas naturais do planeta, o que altera profundamente o ecossistema.

Por conta de todos esses excessos que a humanidade tem praticado, a sustentabilidade ambiental passou a ser o objetivo de várias estruturas sociais preocupadas com o andamento dos acontecimentos e com as futuras gerações. Algumas empresas já adotam alternativas para conter o abuso ao meio ambiente, como reciclagem de produtos e matérias-primas, melhor despejo de lixos, uso de produtos menos agressivos ao ecossistema, entre outras metas.

Porém, não são só as empresas que precisam adotar medidas de preservação. As atitudes sustentáveis também têm que partir das camadas sociais e de atos individuais. O uso de sacolas retornáveis ao invés de sacolas plásticas para compras no mercado é uma medida que pode ajudar a alterar os rumos do ecossistema, já que as sacolinhas demoram mais de 100 anos para decompor-se a natureza. Além desse fato, elas podem entupir bueiros e matar animais por asfixia, caso sejam colocadas no meio ambiente.

Outra medida importante é o uso reduzido de automóveis e outros meios de locomoção. A opção por meios coletivos e outros que não agridam o clima e o ecossistema, como bicicletas, são alternativas que ajudam conter a agressão ao planeta. Não despejar óleo e outros compostos dessa natureza no meio ambiente, reciclar o lixo de casa e jogar baterias e outros materiais pesados em lixos especiais também são medidas que diminuem o impacto sobre a natureza.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente