Venda de Apartamentos Sustentáveis Volta a Ser um Bom Negócio

Venda de Apartamento SustentáveisÈ interessante quando observamos que alguns dos mitos tidos como verdades absolutas por pessoas que dizem possuir provas irrefutáveis sobre eles caem por terra e são, simplesmente, jogados ao pó e expostos em sua totalidade mentirosa e sem fundamento. Um desses mitos dizia que a venda de apartamentos sustentáveis fora das grandes cidades seria uma utopia sem fundamento e que não haveria mercado para esses imóveis fora das grandes cidades apinhadas, poluídas e violentas.

Por mais incrível que possa parecer, o último ano mostrou com toda a clareza que essa ideia (manifestada por muitos experts) não tinha razão de ser e não passou de pura balela preconceituosa. Algumas empreendedoras e construtoras executaram projetos de apartamentos sustentáveis em várias cidades do interior do estado e atingiram um fenomenal sucesso de público, de vendas e de marketing em todos os projetos.

Infelizmente, a nota triste do momento, é a explosão da crise imobiliária americana que acabou provocando a grande crise financeira do final do ano passado e se refletiu em todo o planeta. Apesar de todos os esforços de nosso governo e das promessas esperançosas de nosso presidente, a dura realidade da crise caiu sobre nós com força avassaladora e inesperada. Embalada certamente pela ganância dos bancos brasileiros que negaram o fluxo de crédito para o financiamento de imóveis e prejudicaram, e muito, as vendas de apartamentos sustentáveis em todo o território nacional. O fato foi inesperado porque de forma alguma se justificava a suspensão desses financiamentos. O mercado nacional estava aquecido (no auge das vendas), a economia ia muito bem e os bancos estavam (e estão) extremamente capitalizados; graças a seus constantes lucros astronômicos. No entanto, a pura, boa e velha ganância do empresariado financeiro brasileiro falou mais alto e os bancos optaram por mergulhar a nação nessa crise fechando as linhas de crédito ou criando inúmeros obstáculos para que os financiamentos fossem obtidos de forma mais simples, rápida e barata.

Com isso, a venda de apartamentos sustentáveis foi abalada. Contudo o estrago não foi suficiente para destruir a excelente impressão deixada no empresariado do ramo da construção civil que optou por esse nicho de mercado. Para este ano, estão certamente previstos novos projetos e empreendimentos e os imóveis sustentáveis se tornarão um bom negócio mais uma vez. As coisas começam a entrar nos eixos e os financiamentos imobiliários aproximam-se dos mesmos níveis de exigências e taxas de juros que eram praticados no ano passado. Isso é claro, nos bancos estatais. O interessante é que, a continuar assim, os bancos provados acabarão sendo obrigados a reduzirem as suas taxas e retornar as exigências que eram feitas no passado, sob pena de perderem grande parte do mercado de imóveis financiados. Uma vez que o governo está liberando recursos pesadamente para os bancos públicos visando à oferta maciça de crédito para compra de imóveis.

A recuperação de nossa economia e a retomada dos empreendimentos sustentáveis para venda em um ritmo acelerado, serão fundamentais para que a venda de imóveis sustentáveis volte a encantar empresários e compradores com as novidades proporcionadas pela moradia ecologicamente correta e que proporciona bem estar, apoio ao meio ambiente e uma melhor qualidade de vida para todos a sua volta.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>