Como funciona o tratamento de esgoto

Parece complicado, mas entender o funcionamento de uma usina de tratamento de esgoto é bastante simples. As estações apenas reproduzem um processo que os rios fazem naturalmente. Até mesmo o rio Tietê, considerado um mais poluídos do mundo, volta a ter peixes depois de avançar por cerca 200 km da grande São Paulo, eliminando, no processo, mais de 400 toneladas de dejetos. Esse processo de “autolimpeza” se deve a ação de bactérias que obtém nutrientes através da decomposição de materiais orgânicos despejados no rio.

O que as estações de tratamento fazem é criar uma concentração gigantesca desses microrganismo em um único lugar, desta forma, eles conseguem condensar todo o processo, que precisa de quilômetros de distância para ser realizado, dentro da estação. Embora a “limpeza” seja um trabalho das bactérias, a estação de tratamento de esgoto precisa de mais algumas etapas para que a água possa retornar para o curso do rio.

tratamento de esgoto 01

Fonte: slideplayer.com.br/slide/357756/

Barrar o lixo sólido

A tubulação do esgoto não comporta apenas dejetos orgânicos, mas também Garrafas pet, papel, madeira e diversos outros materiais que precisam ser recolhidos antes de começar o tratamento da água. A separação é realizada por meio de duas grades, uma com 10 centímetros de abertura e outra com dois.

Desarrenação

A próxima etapa fica por conta de retirar areia e terra do material que irá seguir para o tratamento do esgoto. Essa separação também impede que os detritos danifiquem o maquinário da estação.

Decantação Primária

Nesse processo são eliminados pequenos grãos de material orgânico, que, por serem mais pesados que a água, se concentram no fundo da estação. Eles são eliminados em uma espécie de ralo e podem ser utilizada como adubo ou mesmo na geração de energia.

Aeração

É nessa etapa que as bactérias realmente trabalham. O material que sobrou das últimas fases segue para um tanque povoado por uma comunidade variada de bactérias, que vão consumir os dejetos orgânicos de forma extremamente rápida e eficiente.

tratamento de esgoto 02

Fonte: etallcorp.xpg.uol.com.br/esgoto.htm

Decantação secundária

Nessa fase são tiradas as bactérias da água. Da mesma forma que é feito na etapa de decantação primária, os microrganismos, mais pesados que a água, são depositados no fundo do tanque e uma pá giratório transporta-os se volta ao tanque de aeração.

De volta ao rio

O processo de tratamento do esgoto elimina em torno de 90 a 95% da sujeira e material orgânico, deixando a água pronta para voltar para o curso natural do rio. Complementar a esse processo, a água ainda precisa passar por um processo de filtragem e adição de cloro para que esteja em condições reutilização.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>