A Contribuição da Energia Solar ao Desenvolvimento Sustentável

Energia SolarA energia solar é utilizada pelos seres humanos desde a Grécia Antiga, mas foi somente em 1839, quando o físico Alexandre Edmond Becquerel descobriu o efeito fotovoltaico, que ela passou a ser estudada cientificamente.

O efeito fotovoltaico ocorre quando materiais como o arsenieto de gálio e o silício cristalino, dispostos em um painel, passam a gerar eletricidade após serem expostos à radiação do sol.

Essa energia elétrica captada do sol pode ser usada para fazer funcionar aparelhos como calculadoras, relógios e celulares, ou transformada em energia mecânica para movimentar motores e máquinas.

O astro também produz energia térmica, que é empregada em chuveiros, caldeiras industriais, aquecedores de piscinas e de pequenos ambientes, e em aparelhos capazes de esquentar líquidos e alimentos.

Apesar do alto custo dos equipamentos de captação e transformação, o uso da energia solar é uma das atitudes sustentáveis mais promissoras na luta contra a degradação do meio ambiente, pois ela é renovável e limpa, isto é, nunca se acaba e não gera poluição.

Além disso, é possível instalar um ou mais coletores solares em sua residência ou empresa para que sejam usados em combinação e na redução do consumo de outros tipos de energia.

É bem verdade, também, que a produção de energia solar é muito baixa em lugares com clima desfavorável como em países de latitudes altas, porém, ela é perfeitamente viável em locais situados na zona tropical como o Brasil, onde os raios solares são intensos durante quase todo o ano.

Enfim, a energia solar contribui enormemente para o desenvolvimento sustentável, pois os equipamentos empregados na sua produção, transformação e distribuição são duráveis e requerem baixo investimento em manutenção, o que proporciona mais autonomia, em longo prazo, para grandes e pequenas comunidades.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente