Apartamentos Sustentáveis Estão na Moda

Apartamentos Sustentáveis estão na modaTermos muitos famosos hoje em dia, sustentabilidade e ecologia são freqüentemente associados a jovens ambientalistas preocupados com o “fantasma” do aquecimento global. Muitas empresas sequer levavam a sério a possibilidade de adequarem seus projetos aos parâmetros designados como seguros para o meio ambiente que o conceito de sustentabilidade preconizava.

No entanto, conforme esse conceito começou a penetrar em todas as camadas empresariais e a surtir um grande efeito na economia de recursos e a gerar bilhões de dólares pelo mundo em investimentos e em lucros; essa visão do jovem ativista ambiental caiu por terra completamente.

Mesmo assim, inúmeras empresas abraçaram a causa ecológica da sustentabilidade por puro modismo e sem qualquer responsabilidade. Assim, começaram a surgir os apartamentos sustentáveis e outros empreendimentos sustentáveis que levavam a alcunha de sustentável por toda parte. Na realidade, esses empreendimentos eram apenas em parte sustentáveis ou simplesmente nada tinham que os enquadrasse nessa categoria. Eram muito mais empreendimentos caça níqueis criados por empresários espertalhões que queriam aproveitar a onda de culpa do mundo desenvolvido para faturar uns trocados a mais; dando um nome bonitinho aos seus lançamentos imobiliários.

Logo, as pessoas que aderiram a onda dos apartamentos sustentáveis fornecidos por esses empresários oportunistas; perceberam que tinham sido alvo de uma fraude. No entanto, essa lição dos momentos iniciais da “onda sustentável” serviu para separar o joio do trigo e provocar o surgimento de empreiteiras, construtoras e empresários sérios que viram na construção de apartamentos sustentáveis muito mais que um modismo passageiro criado para aliviar a culpa dos “ricaços” e perceberam o real potencial econômico da idéia, caso ela fosse realmente levada a sério.

Assim, começara a surgir na Europa e nos E.U.A. os verdadeiros apartamentos sustentáveis que eram pensados dentro dos parâmetros e orientações preconizadas pelas regras da sustentabilidade desde o planejamento inicial do projeto. Diferentemente dos antigos apartamentos sustentáveis dos oportunistas; estes eram realmente elaborados tomando-se cuidados extremos com o uso de materiais apenas de fornecedores que tinham a devida certificação para operarem nesse tipo de obra. Os projetos eram elaborados pensando-se num aproveitamento total de coisas como o fluxo de vento e a luminosidade natural do sol para reduzir ao máximo a necessidade do uso de elementos artificiais de iluminação e de ventilação.

Além disso, os projetos consideravam também o regime pluviométrico da localidade em que seriam executados para garantir que a construção teria um reservatório onde pudesse armazenar um volume de água necessário para que as áreas comuns do prédio fossem abastecidas nas necessidades mais básicas.

Desta forma, os apartamentos sustentáveis de hoje são realmente elaborados desde a planta para se comportarem e existirem em total comunhão e integração com o meio ambiente que os cerca. Assim sendo, essas unidades habitacionais serão a resposta mais eficiente que a moderna arquitetura e engenharia têm para fornecer a humanidade uma real possibilidade de viver num mundo melhor e com um futuro mais limpo.

Os apartamentos sustentáveis são a resposta mais promissora e eficiente para a melhoria da qualidade de vida nas grandes metrópoles mundiais.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>