Imóveis Sustentáveis em São Paulo

A cidade de São Paulo é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores cidades do mundo. E, por mais incrível que isso possa parecer, continua crescendo. Portanto, é preciso pensar em formas inteligentes de proporcionar energia e água para esses milhões de habitantes que vivem nela hoje e os tantos outros milhões que viverão num futuro próximo. No ritmo de crescimento e de consumo que a cidade experimenta hoje; isso será totalmente impossível em muito pouco tempo; haja vista que atualmente já ocorre o racionamento de água em diversos pontos da cidade.

Por isso mesmo, a melhor opção é o fomento e o incentivo a construção de imóveis sustentáveis em São Paulo; garantindo uma utilização mais racional e mais adequada dos recursos hídricos e proporcionando a cidade uma maior eficiência no aproveitamento de seus recursos naturais e economia de energia.

Mesmo hoje, morar num desses imóveis sustentáveis em São Paulo não é algo assim “além da imaginação”. Algumas construtoras já entenderam a real necessidade e a demanda reprimida, por esse tipo de construção, e os empreendimentos começam a serem lançados por toda parte. Assim, esses prédios já são uma alternativa para um público que se preocupa com uma boa qualidade de vida e não se incomoda de pagar um pouco mais por isso.

A tendência é que esses imóveis sustentáveis em São Paulo e em todo o país fiquem cada vez mais baratos com a criação de uma rede mais eficiente e farta de fornecimento de materiais certificados que possam ser usados na construção e na obtenção dos índices de aproveitamento e de economia de água e de energia que se pretende para uma construção desse tipo.

Enquanto isso não ocorre, os imóveis sustentáveis ainda são mais caros do que uma construção que seja feita pelos parâmetros “convencionais”. Mas deve-se levar em conta que, muitas vezes, os custos mais altos são rapidamente engolidos pela economia com as contas de água e de energia e se pagam muito rapidamente. O que compensa, evidentemente, a construção dos imóveis sustentáveis já na atualidade.

Ao mesmo tempo, é ainda possível transformar inúmeros imóveis convencionais em São Paulo e em qualquer lugar do planeta em imóveis sustentáveis. Basta que para isso se adotem algumas práticas e procedimentos que devem enquadrar os imóveis dentro das cinco expectativas básicas das construções sustentáveis. São elas:
A qualidade ambiental, a utilização racional da água, a eficiência energética, a sustentabilidade do espaço e o uso de materiais sustentáveis. Assim, espera-se dos imóveis sustentáveis sejam construídos ou reformados levando em consideração o uso de materiais que não agridam o meio ambiente e que tenham observado essa mesma meta em sua produção. A possibilidade de aproveitamento da água da chuva e a reutilização das águas servidas para lavar pisos, carros ou nas descargas sanitárias são boas formas de garantirem um certo percentual de sustentabilidade até para os imóveis que não foram concebidos com esse propósito. Desta forma, é possível ter muitos imóveis sustentáveis em São Paulo mesmo que eles não tenham sido projetados assim. Com um acompanhamento e um financiamento da prefeitura ou de outros órgãos públicos; pode-se modificar drasticamente a forma como os imóveis convencionais interferem no meio ambiente atualmente.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Um Comentário para “Imóveis Sustentáveis em São Paulo”

    Deixe um comentário

    XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>