Imóveis Sustentáveis: Investindo no Futuro

Imagine chegar em casa após um dia estafante de trabalho num país tropical como o nosso e ser obrigado apenas a lavar-se com um paninho ou com um único balde. Lá fora, o calor abrasador, mesmo à noite, faz com que você deseje ligar o ar condicionado para se refrescar e ter um pouco de sossego para dormir uma noite repousante. Contudo, você se lembra da última vez que fez isso e do alto preço da conta de energia elétrica. Foi necessário até pegar um empréstimo para pagá-la.

Triste, você olha pela janela escancarada vislumbra o horizonte pardacento enquanto lembra de como era bom no tempo em que você era criança. Água a vontade (onde você lembrava dos longos banhos de piscina ou de mangueira que tomava no quintal da sua casa). Agora, esses prazeres eram sumariamente proibidos e punidos severamente com cadeia caso o indivíduo fosse pego em flagrante. Triste. Você chora e procura esquecer-se do sofrimento provocado pelo calor enquanto rola na cama, dentro do quarto abafado, e tenta dormir.

Esse cenário pré-apocaliptico pode estar mais perto do que você é capaz de imaginar. O Consumo desenfreado de recursos naturais como a água e o avanço do aquecimento global tendem a transformar esse nossa pequena parábola numa realidade aterradora e muito vívida para os habitantes futuros de nosso planeta azul.

Garantir o futuro das gerações que virão é dever de cada um de nós, individualmente, e do conjunto das mentes que estudam soluções para esses problemas. Uma dessas soluções já pode se tornar uma realidade presente em todas as nossas cidades e mudar radicalmente a forma como nos comportamos em relação ao meio ambiente e a maneira como gastamos os recursos tão necessários para nossa sobrevivência.

Essa mudança, embalada pelos ventos do sucesso financeiro e de marketing, são os imóveis sustentáveis. Cada vez mais presentes nas grandes cidades do planeta; os imóveis sustentáveis são a resposta da engenharia, da arquitetura e da engenhosidade humana para o dilema do uso mais racional de recursos como água e energia elétrica. Além disso, o correto tratamento dos efluentes produzidos pelas unidades habitacionais e dos resíduos produzidos durante a construção são corretamente destinados e tratados. Esse correto procedimento de destinação poupa milhões de reais em recursos que seriam aplicados no tratamento de mananciais de água para torná-la potável.

Da mesma forma, a economia provocada com o uso racional e cuidadosamente estudado da energia elétrica poupa recursos na geração, transmissão e distribuição dessa energia e isso se reflete, automaticamente, em menos gastos e em uma economia substancial para os moradores. O melhor aproveitamento da luz do dia e um correto estudo da posição da construção em relação a regime de ventos e da direção em que eles se propagam, podem reduzir a temperatura ambiente dentro dos imóveis sustentáveis de forma efetiva e que será capaz de reduzir-se em muito a utilização de aparelhos de refrigeração e ar condicionado.

Investir em imóveis sustentáveis é muito mais do que garantir lucros e economia de recursos. É garantir o próprio futuro da raça humana e assegurar que poderemos viver durante muitos anos mais com conforto.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

2 Comentários para “Imóveis Sustentáveis: Investindo no Futuro”

  1. Milie Klautau

    gostaria de receber novidades desse site. estou fazendo um projeto de um centro de convenções e gostaria de faze-lo ecologicamente correto.
    obrigada

  2. ISRAEL PIRES BEZERRA

    O objetivo deste comunicado é divulgar o mais amplamente possivel a realidade das tecnologias que PODEM e DEVEM ser empregadas nas novas construções e reformas; no caso dos nossos perfis de madeira ecologica, a substituição da madeira comum em piers, decks, etc., devido a manutenção zero e a alta vida util do material e ainda considerando-se os aspectos ecologicos da substituição de derrubada de arvores por materiais tecnologicamente desenvolvidos e que ainda tem um diferencial de serem economicamente mais viáveis.

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>