Serviços Ambientais – Uma Fonte Inestimável de Recursos!

Serviços AmbientaisO atual estágio de destruição do meio ambiente e suas consequências sobre o clima na Terra têm levado governos e entidades de todas as partes do mundo a imprimir cada vez mais esforços na adoção de comportamentos que sejam sustentáveis. O resultado disso é novos conceitos que permitem ver a natureza não apenas como uma fonte para a extração de recursos, mas também como uma parceira no processo evolutivo do homem.

Entre as definições que têm surgido com o intuito de conduzir as ações em prol do meio ambiente, um dos que mais se destaca é o de Serviços Ambientais, cujo propósito é estabelecer uma relação cliente-fornecedor entre o homem e a natureza.

Assim tudo aquilo que é produzido pela natureza de forma direta ou com o auxílio do homem pode ser considerado como um serviço ambiental. São exemplos as águas servidas por meio de rios ou lençóis freáticos, as chuvas, o solo, os alimentos, a madeira, os minerais e o que mais estiver compreendido nos reinos animal, vegetal e mineral.

Analisar toda essa interação segundo o princípio dos serviços ambientais é também uma forma de melhor compreender a adoção de uma postura ambientalmente correta, pois a natureza é uma fonte limitada de recursos, os quais precisam de tempo e condições adequadas para sua reposição.

A boa notícia é que esses princípios já estão sendo aplicados nos novos empreendimentos sustentáveis, garantindo a satisfação das necessidades humanas com um impacto cada vez menor sobre o meio ambiente.

Um bom exemplo disso é a agricultura sustentável, uma atividade que absorveu o novo conceito de forma integral e que tem inovado suas técnicas para garantir um uso racional do solo, da água e de todos os recursos necessários à produção de alimentos e insumos em larga escala, sem descuidar de aspectos como a qualidade, a produtividade e renovação.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>