Prédios Sustentáveis – Engenharia e Arquitetura por um Mundo Sustentável

Prédios Sustentáveisarquitetura e a engenharia sempre foram faces do conhecimento humano que se beneficiaram fortemente da inventividade e da criatividade de seus artífices. E destas áreas é que surgiram as mais novas armas contra o terrível fantasma que assombra a humanidade que é a falta de recursos naturais básicos no futuro.

A criação de prédios sustentáveis que se utilizam forma racional e planejada de recursos naturais como a água e a energia elétrica e ainda preocupam-se com a destinação correta de seus resíduos e esgotos é a contribuição espetacular que a engenharia e a arquitetura de visionários profissionais deram para garantir um futuro mais seguro para nós.

Aplicando conceitos inovadores nos projetos de prédios sustentáveis e na elaboração de padrões arquitetônicos que pudessem proporcionar um melhor aproveitamento dos recursos naturais usados na construção dos prédios e em sua posterior manutenção e gestão, quando já estiverem habitados, arquitetos e engenheiros conseguiram verdadeiras maravilhas através de mudanças relativamente simples e de uma observação mais detalhada de coisas como disposição do terreno, posição relativa das janelas e áreas que pudessem receber luz solar durante toda a viagem do sol pelo horizonte e aproveitamento da água da chuva e muitas outras coisas.

Na Europa e nas nações mais desenvolvidas, os prédios sustentáveis já são uma realidade muito mais sólida do que em nosso país. Quase todos os novos prédios construídos por lá já são pensados como prédios com uma arquitetura sustentável. De uma forma ou de outra, os países desenvolvidos começam a entender que o futuro da humanidade está intimamente ligado a uma atitude mais responsável em relação à forma como o ser humano interfere no meio ambiente. Sendo assim, cada vez mais se realizam estudos e testes para que as construções do futuro sejam muito mais integradas ao meio e sejam capazes de funcionar e se manterem com o menor volume de recursos possíveis. Assim, mantém-se a idéia de que o uso responsável de recursos naturais renováveis e não renováveis é a pedra fundamental da continuidade da espécie humana em nosso planeta.

Os arquitetos e engenheiros começaram a projetar prédios sustentáveis como forma de mostrar aos empresários que esses empreendimentos eram economicamente viáveis e que o apelo ecológico e social envolvido era suficiente para provocar um forte desejo de compra das unidades entre a população comum e as pessoas mais preocupadas com o meio ambiente sem, contudo, serem fanáticos ecologistas. O sucesso comercial desses primeiros prédios sustentáveis, sem qualquer dúvida, representou um importante começo para o novo jeito de se projetar e construir prédios comerciais ou voltados a habitação.

Com esses vitoriosos lançamentos nos países mais evoluídos economicamente, os arquitetos e os engenheiros dos países em desenvolvimento e, mais especificamente, aqui no Brasil conseguiram o impulso necessário para iniciar o projeto e a construção de prédios sustentáveis também por aqui. Embora ainda um pouco timidamente, os prédios sustentáveis começam a tornarem-se uma realidade em nosso país e graças a contribuição de projetos arquitetônicos arrojados e bem elaborados e uma engenharia de ponta; essas construções começam a multiplicar-se em nossas cidades e reúnem todas as condições para tornarem-se brevemente o principal paradigma na construção civil brasileira.

f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>