Repelente ecológico para insetos

Capa

Atualmente, na cidade de São Paulo, está ocorrendo um surto de casos de dengue. 5 mil pessoas já sofrem com a doença e esse número aumenta constantemente. Os piores casos estão na zona oeste da capital e, mesmo com todos os cuidados, muitas pessoas estão sendo infectadas devido à falta de atenção de vizinhos e até por conta do lixo abandonado na rua perto de suas residências.

Uma alternativa para evitar o contato com os insetos transmissores da dengue é usar repelente em casa, impedindo que eles se aproximem do local. Que tal fazer um repelente ecológico e livre de venenos que podem afetar a saúde da sua família?

Confira algumas formas eficientes de combater os mosquitos e pernilongos.

Citronela

Um ingrediente muito usado nessa composição é a citronela. O odor da planta afasta naturalmente qualquer tipo de inseto e ela pode ser usada no corpo. Para fazer um óleo corporal, compre um óleo de citronela e misture uma parte deste com duas partes de óleo de amêndoa, camomila ou uva. Caso queira usar essa solução em bebês, aumente a quantidade do segundo tipo de óleo, assim não haverá perigo de alergias.
Para deixar o ambiente protegido, pingue três gotas de óleo de citronela na água de um difusor, que pode ser encontrado em casas de aromaterapia. Não é necessário deixar o aparelho ligado o tempo todo, apenas por alguns minutos a cada duas horas, já que seu aroma é bem forte e cítrico. Se quiser usar pedaços da planta, também é válido, basta cortar alguns pedaços da folha e deixar sobre um prato no local desejado. Lembre-se de trocar as folhas todos os dias para ter uma proteção contínua.

Citronela

Limão

Se você é alérgico à citronela, existem algumas alternativas. Uma delas é cortar limões e colocar cravos espetados neles, espalhe pela casa e pronto, o ambiente estará protegido, além de ficar com um cheiro cítrico bem suave. Quando perceber que a fruta está murcha, basta substituí-la.

limão
f iconCompartilhar no Facebook
Quer mais notícias sobre sustentabilidade?

Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

(Sério, você não vai se arrepender!)

comente